pandemia

Igreja Universal é autuada por descumprir decreto estadual em PE

Mais de 30 pessoas estavam dentro da igreja, que estava funcionando com as portas fechadas em Caruaru

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 13/06/2021 às 15:38
NOTÍCIA
Divulgação/Procon PE
FOTO: Divulgação/Procon PE
Leitura:

O Procon Pernambuco autuou a Igreja Universal de Caruaru por descumprir as normas do decreto estadual, que está atualmente em vigência e determina as medidas restritivas para o estado durante a pandemia. O caso aconteceu na sexta-feira (11).

De acordo com as informações repassadas pelo órgão, a igreja, que funciona no centro da cidade, estava funcionando com as portas fechadas. Mais de 30 pessoas estavam no local, inclusive crianças e idosos. Muitos estavam com máscaras e saíram do local após a chegada da fiscalização. O templo religioso foi autuado e irá responder a uma medida administrativa. 

Dois restaurantes localizados no Recife também foram autuados na sexta durante a fiscalização, que contou com o apoio das prefeituras dos municípios, da Apevisa (Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária), da Polícia Militar e dos Corpos de Bombeiros. 

O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, falou sobre o assunto e destacou a importância da população cumprir com as medidas restritivas. “É inadmissível que por mais que anunciamos a situação que estamos vivendo, cidadãos continuem a descuidar das proteções contra a covid-19. Essa é uma luta conjunta, todos precisam entender a necessidade de se cumprir as normas”, disse ele.

Entenda as medidas restritivas 

Desde o dia 26 de maio, o governo havia decretado quarentena mais rígida em 53 municípios das Geres IV e V, com sede em Caruaru e Garanhuns e mais 12 cidades da Geres II, com sede em Limoeiro. As medidas, que foram válidas até o domingo (13), ditavam que apenas serviços essenciais podiam funcionar nesses municípios, independentemente do dia e horário. 

Com a flexibilização das medidas restritivas na 2ª Macrorregião de Saúde, anunciada durante uma coletiva do Governo de Pernambuco na última quinta-feira (10), as atividades voltam a ficar permitidas até 18h, inclusive nos finais de semana, a partir desta segunda-feira (14).

A decisão vale para as IV e V Gerências Regionais de Saúde (Geres), com sedes em Caruaru e Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, que contempla 53 municípios, e ficarão em vigor até o dia 27 de junho, podendo ser prorrogada. 

 

Mais Lidas