Economia

Bolsonaro diz que Bolsa Família aumentará para R$ 300 e prevê mais duas ou três parcelas do auxílio emergencial

Novas parcelas do auxílio devem ser pagas após julho

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 16/06/2021 às 11:39
NOTÍCIA
Marcelo Camargo/Agência Brasil
FOTO: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Leitura:

De acordo com a afirmação do presidente Jair Bolsonaro nessa terça-feira (15), o Ministério da Economia está estudando a possibilidade de pagar mais 'duas ou três parcelas' do auxílio emergencial após julho. O benefício está sendo pago por conta da pandemia da covid-19.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse na segunda-feira (14) que a prorrogação de três meses pode ocorrer e contou que Bolsonaro dará a palavra final após se informar com o ministério e receber a decisão do Ministério da Cidadania.

Bolsa Família

O presidente também confirmou que pretende aumentar o valor do programa Bolsa Família por causa do aumento do preço da cesta básica. "Agora, no tocante ao Bolsa Família, tivemos uma inflação durante a pandemia no tocante aos produtos da cesta básica em torno de 14%, você teve item que subiu até 50%, sabemos disso daí. E o Bolsa Família, a ideia é dar um aumento de 50% para ele em dezembro. Passaria de, em média, R$ 190 para R$ 300. É isso que está praticamente acertado aqui", disse.

Ainda de acordo com Bolsonaro, o programa iria contemplar aproximadamente 18 milhões de famílias brasileiras.

Mais Lidas