menu

Secretário de Saúde convoca pernambucanos com 2ª dose da vacina contra Covid-19 em atraso

Público deve ficar atento

A vacinação de pessoas com idades entre 18 e 59 anos deverá ser feita de forma decrescente e ao mesmo tempo que a dos grupos prioritários
Secretário de Saúde convoca pernambucanos com segunda dose da vacina contra Covid-19 em atraso (Foto: Tony Winston/ MS)

Com a chegada de um novo lote da vacina CoronaVac a Pernambuco, as doses seguiram para municípios durante esse fim de semana com o objetivo prioritário de completar o plano vacinal daqueles que estão com a segunda dose em atraso. Em Limoeiro, Agreste Setentrional, segundo informações da coordenação local do Programa Nacional de Imunizações (PNI), apenas oito residentes estão em aberto por motivos pessoais, a exemplo de viagem ou mudança de domicílio.

A coordenadora Paula Carine explicou que o PNI está realizando um trabalho de busca ativa para que a aplicação da CoronaVac contemple 100% daqueles cadastrados no banco de dados da Atenção Básica. De acordo com Carine, o pequeno quantitativo em aberto se deu por conta do planejamento prévio, que mesmo com a falta de vacinas fabricadas pelo Instituto Butantan e em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, cumpriu o plano de vacinação estabelecido na Comissão Intergestores Bipartite: Secretaria Estadual de Saúde e Secretarias Municipais de Saúde.

Alerta

O secretário estadual de Saúde, André Longo, alertou os pernambucanos sobre a necessidade da aplicação da segunda dose, independente do período de aprazamento. "Aquelas pessoas que nesse momento já tem o prazo de vinte e um dias para CoronaVac ou já superaram esse prazo, independente de quantos dias superou o prazo que estava previsto, devem procurar orientação de seus municípios para tomar a segunda dose. Ela é fundamental para garantir a eficácia da vacina para que as pessoas sejam efetivamente imunizadas, e possam, caso venham a ter contato com o novo coronavírus, não desenvolver doença de forma significativa", pontuou Longo.