menu

Como obter vitamina D no inverno? Veja dicas

Ginecologista explicou importância da vitamina para o corpo

A importância da vitamina D e os problemas causados pela excesso dela
Vitaminas (Reprodução Internet)

O médico ginecologista Odair Albano, de Campinas (SP), participou do programa Consultório com Samara Pontes na Rádio Jornal Garanhuns e tirou dúvidas a respeito da deficiência de vitamina D durante o inverno. Por telefone, o especialista explicou que com as baixas temperaturas e o tempo nublado, a tendência no número de casos com esse déficit aumenta significativamente no país.

"É importante a gente lembrar que dos alimentos a gente pega gordura, açúcar, proteína, vitaminas e sais minerais. Quando você tem uma dieta bem balanceada, você pega um pouquinho de cada coisa e vai ter uma boa nutrição. Mas com a Vitamina D é diferente: a gente adquire pela exposição ao sol. Essa vitamina fica 'guardada' nas nossas gorduras e o corpo vai usando conforme a necessidade", explica Albano.

A Vitamina D ajuda o organismo em diversos aspectos, mas principalmente ao permitir que o cálcio dos alimentos seja melhor absorvido, como também contribui para o equilíbrio das defesas do corpo, ou seja, no sistema imunológico. "Muita gente atribuiu, no início da pandemia, à suplementação de vitamina D como tratamento para Covid, mas não é isso. A questão é: se estamos com boas dosagens no organismo, certamente nosso corpo estará mais forte contra as infecções de maneira geral", explicou.

De acordo com o médico, na impossibilidade de se expor ao sol a suplementação é recomendada. "Nas farmácias, o suplemento é vendido sem receita pois o mesmo é considerado alimento e não medicamento. A venda permitida das capsulas é de até 2.000 Unidades Internacionais (UI) diárias. Se o paciente precisa de doses maiores, só com a prescrição médica. Ainda assim, é importante que todos dosem a vitamina D para saber do que o organismo precisa e qual a melhor forma de suplementação".

Veja a entrevista completa: