internacional

Ministro da saúde russo manda população se abster de sexo por três dias após vacina contra Covid-19

A medida é para evitar "aumentar o estresse físico".

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 09/07/2021 às 10:40
NOTÍCIA
Reprodução
FOTO: Reprodução
Leitura:

Os russos receberam uma recomendação para se abster de sexo por ao menos três dias depois de serem vacinados contra a Covid-19. O Dr. Denis Graifer, ministro da saúde da região de Saratov, destacou que em toda a Rússia as pessoas devem se evitar "aumentar o estresse físico", o que inclui a prática sexual.

"Eu acredito, e todo mundo sabe disso também, que o sexo é uma atividade que consome bastante energia", destacou o Dr. Denis Graifer em coletiva de imprensa. "Por isso, alertamos as pessoas que foram vacinadas que o estresse físico, inclusive a prática sexual, não é recomendada após a vacinação".

Outras medidas

Na Rússia também existe a recomendação para evitar o consumo de vodka, não fumar ou até mesmo visitar saunas após serem imunizados. O país apresenta uma das menores taxas de vacinação do mundo, com apenas 13% da população imunizada, enquanto o resto da Europa ultrapassa 30%.

*Com informações do Daily Mail

Mais Lidas