Morte

Banhista morto após ataque de tubarão não havia bebido e estava no raso quando foi "puxado" pelo animal

Homem chegou a ser socorrido, mas não resistiu

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 12/07/2021 às 9:30
NOTÍCIA
Bobby Fabisak/ JC Imagem
FOTO: Bobby Fabisak/ JC Imagem
Leitura:

O banhista de 51 anos que faleceu após sofrer um ataque de tubarão nesse sábado (10) na Igrejinha de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, não havia bebido e estava numa área rasa quando foi atacado pelo animal, de acordo com informações do cunhado. O Corpo de Bombeiros já haviam confirmado que o homem não estava no fundo.

“Todo mundo que vive na região sabe que aquele trecho da praia é perigoso, que há ataques de tubarão. [Ele] não costumava frequentar a praia e, quando ia, era com toda a família. Mas foi uma fatalidade. O bicho [tubarão] arrastou ele pela cintura. Ele foi puxado. Estava no raso e foi puxado quando já saia do mar. Pelo menos foram essas as informações repassadas por quem estava com ele”, disse o cunhado.

Homem foi à praia para jogar futebol

Ainda de acordo com o homem, o banhista de 51 anos foi à praia para jogar futebol com colegas de trabalho e não tinha bebido. Os Bombeiros informaram que o ataque ocorreu perto do posto 4 da corporação. O animal chegou a amputar a mão direita do homem e provocou um ferimento profundo na coxa. O banhista foi levado para o Hospital da Restauração (HR), mas não resistiu. Ele teria sofrido uma parada cardiorrespiratória.

A vítima será sepultada nesta segunda-feira (12) às 13h, no Cemitério da Várzea, no Recife.

*Com informações do JC

Mais Lidas