menu

Grupo atacadista vai gerar mais de 1 mil empregos em Petrolina

Investimento será de R$ 1,7 bilhão em Pernambuco

Grupo Mateus, do setor de atacarejo, vai ter atacadão em Petrolina, no Sertão de Pernambuco
Grupo Mateus, do setor de atacarejo, vai ter atacadão em Petrolina, no Sertão de Pernambuco (Reprodução/Grupo Mateus)

O grupo Mateus anunciou nessa quarta-feira (14) que abrirá a primeira loja em Petrolina, no Sertão pernambucano, além de uma central de distribuição. O atacadista disse que pretende investir R$ 1,7 bilhão durante cinco anos em negócios no estado.

Foi realizada uma reunião nessa quarta entre o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), o governador Paulo Câmara (PSB) e o empresário Ilson Mateus no Palácio Campo das Princesas, no Recife.

"É uma grande notícia para Pernambuco. Quando começamos a negociar com o grupo Mateus, mostramos o potencial de nosso estado e como Petrolina pode ser importante como um polo de expansão e conexão logística com os outros municípios e estados. A partir do Sertão, o grupo Mateus vai se multiplicar por Pernambuco. Agora, é acelerar junto com o Governo do Estado as etapas de incentivos e licenciamentos para que esse grande investimento saia do papel rapidamente e milhares de pernambucanos tenham acesso a mais serviços e empregos", disse o prefeito Miguel Coelho após a reunião.

Atualmente, o grupo tem 200 empreendimentos, gerando mais de 40 mil empregos em seis estados das regiões Norte e Nordeste do País. Espera-se gerar mais de 1 mil empregos em Petrolina, mas o grupo também pretende expandir operações para outros municípios pernambucanos.

*Com informações do JC