vacinação

Pernambuco recebe mais de 184 mil vacinas da AstraZeneca e pode reduzir faixa etária da vacinação

Os imunizantes serão destinados para a aplicação de primeiras doses.

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 16/07/2021 às 8:15
NOTÍCIA
Divulgação/Governo de Pernambuco
FOTO: Divulgação/Governo de Pernambuco
Leitura:

Na madrugada desta sexta-feira (16), Pernambuco recebeu mais 184.250 vacinas contra a Covid-19 da Astrazeneca/Oxford/Fiocruz. As doses chegaram no Aeroporto Internacional dos Guararapes, no Recife, e foram levadas ao Programa Estadual de Imunização (PNI-PE) para checagem e, em seguida, distribuição para as 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres). Os municípios devem receber as doses ainda nesta sexta. 

“Vamos destinar toda essa nova remessa para aplicação da primeira dose em quem ainda não tomou. Assim, estaremos ampliando o número de pernambucanas e pernambucanos que iniciam o esquema vacinal. Sempre lembrando que a segunda dose é absolutamente necessária para que a imunização esteja completa”, afirmou o governador Paulo Câmara.

Com a declaração do governador, espera-se que os municípios reduzam a faixa etária da população geral vacinada. Com as doses recebidas, o Estado totaliza mais de três milhões de vacinas apenas da Astrazeneca. O quantitativo recebido deve ser utilizado para imunizar a população geral e trabalhadores bancários e dos Correios.

“Os municípios devem ficar atentos e utilizar esse lote apenas com a finalidade de aplicação da primeira dose”, reforçou a superintendente de Imunizações da SES-PE, Ana Catarina de Melo. A segunda dose do imunizante da Astrazeneca pode ser aplicada entre 60 e 90 dias após a primeira, mas só deve ser feita com as vacinas que forem encaminhadas com essa finalidade.

Vacinas recebidas em Pernambuco

Ao todo, o estado já recebeu 6.060.650 doses de imunizantes. Foram 3.051.670 da Astrazeneca/Oxford/Fiocruz, 2.184.160 unidades da Coronavac/Butantan, 656.370 doses da Pfizer/BioNTech e 168.450 da Janssen. Pouco mais de 5 milhões de doses foram aplicadas em Pernambuco.

Mais Lidas