oportunidade

Governo autoriza concurso da CGU com 375 vagas e salários que chegam a mais de R$ 19,2 mil

O processo seletivo foi publicado no Diário Oficial da União (DOU).

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 27/07/2021 às 12:00
NOTÍCIA
DIVULGAÇÃO/CGU
FOTO: DIVULGAÇÃO/CGU
Leitura:

O processo seletivo da Controladoria Geral da União (CGU) é um dos concursos mais aguardados para 2021. Nesta terça-feira (27), uma publicação do Ministério da Economia no Diário Oficial da União (DOU) autorizou a realização do certame, que vai contar com 375 vagas e salários iniciais podem chegar a R$ 19,2 mil, além de auxílio-alimentação de R$458.

"A responsabilidade pela realização do concurso será da Controladoria-Geral da União, a quem caberá editar as respectivas normas, mediante a publicação de editais, portarias ou outros atos administrativos necessários", diz o texto publicado no Diário.

Entre as vagas, estão as de auditor federal de finanças e controle e de técnico federal de finanças e controle. Para as vagas de auditor, o candidato precisa ter concluído o nível superior. No caso do cargo de técnico, apenas é exigido o nível médio. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais, com as contratações pelo regime estatutário.

As regras e disciplinas abordadas no concurso devem ser divulgadas até o dia 27 de janeiro de 2022. No entanto, a expectativa é de que o edital saia ainda este ano, para que o órgão nomeie os aprovados já em 2022. 

O que estudar para o concurso da CGU?

Os candidatos que já quiserem começar a se preparar podem ter como base o edital do concurso. O último concurso para auditor ocorreu em 2012. A prova objetiva era dividida em três partes: conhecimentos básicos, específicos e especializados de acordo com a área de interesse.

Já o concurso para técnico ocorreu em 2008. A prova foi composta por questões das seguintes disciplinas: Língua Portuguesa; Raciocínio Lógico-Quantitativo; Conhecimentos Gerais; Informática; Direito Constitucional; Matemática; Língua Inglesa ou Língua Espanhola; Legislação Aplicada à CGU e Regime Jurídico dos Servidores Públicos.

*Com informações do JC Online

Mais Lidas