agreste

Após falecerem, idosas de 71 e 81 anos tem corpos trocados no Hospital Dom Moura, em Garanhuns

O problema foi percebido por uma pessoa da família de uma das idosas.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 04/08/2021 às 10:15
NOTÍCIA
Reprodução/Google Street View
FOTO: Reprodução/Google Street View
Leitura:

A Polícia Civil investiga a troca de dois corpos que ocorreu no Hospital Regional Dom Moura, na última terça-feira (4). Duas idosas que foram liberadas da unidade de saúde acabaram tendo os corpos trocados. Uma delas, de 71 anos, foi sepultada no lugar da outra, de 81 anos, em Paranatama, no Agreste.

O problema começou no momento da liberação dos corpos da unidade de saúde. A idosa de 71 anos, que era da cidade de Jatobá, foi entregue à família da idosa de 81 anos, de Paranatama. A troca foi identificada pelos familiares, que acionaram a polícia.

O corpo da idosa de 71 anos precisou ser exumado em Paranatama para ser devolvido à família, que a enterrou em Jatobá após desfazer a troca. Este não é o primeiro caso de troca de corpos no Hospital Dom Moura. No começo deste ano, o corpo de um homem foi trocado pelo de uma mulher em Angelim.

Confira a reportagem da Rádio Jornal Garanhuns

Mais Lidas