Covid-19

Imunizados são 3,7% dos mortos por Covid-19 no Brasil; aponta estudo

Levantamento indica que a vacinação é meio mais eficaz para prevenir óbitos pela infecção

Bruna Padilha
Bruna Padilha
Publicado em 12/08/2021 às 16:21
NOTÍCIA
Reprodução/BBC News Brasil
FOTO: Reprodução/BBC News Brasil
Leitura:

No Brasil, apenas 3,7% dos que morreram pela Covid-19 são as pessoas que foram vacinadas com as duas doses ou a vacina de dose única, de acordo com a pesquisa Info Tracker, uma plataforma de monitoramento da pandemia das universidades estaduais USP e Unesp. 

A pesquisa utilizou dados do Ministério da Saúde e foram analisados os casos ocorridos entre 28 de fevereiro e 27 de julho. Cerca de 9.878 brasileiros que morreram por covid no Brasil, já haviam tomado as doses, o que corresponde 3,68% dos óbitos por covid no período. 

É importante ressaltar que nenhuma vacina oferece 100% de proteção contra doenças. Contudo, todas elas têm um papel fundamental na redução dos riscos de infecção, hospitalização e morte. Ainda mais com as vacinas contra a Covid-19, pois é essencial a segunda dose no processo de imunização e que, nos últimos meses, após o início da campanha de vacinação, houve redução no número de mortes e internações pela doença.

Tarcísio Meira 

Vítima do coronavírus, o ator Tarcísio Meira morreu nesta quinta-feira (12), aos 85 anos. Em março, ele e a esposa, Glória Menezes, de 86 anos, se vacinaram em Porto Feliz, interior de São Paulo, onde se isolaram durante a pandemia.

A morte do ator foi um chamado "evento raro", que é quando uma pessoa com esquema vacinal completo acaba morrendo em decorrência da doença. Por isso é necessário que a população fique atenta para cumprir o esquema vacinal, tomando as duas doses da vacina dentro do intervalo correto. Além disso, é importante ressaltar que quanto mais pessoas estiverem vacinadas maior é a garantia de que o vírus irá reduzir sua circulação. 

*Com informações do UOL

Mais Lidas