Carreiras

Dia do estagiário: Saiba como é a rotina dos aprendizes na área de Tecnologia da Informação

Setor cresce cada vez mais no Brasil e no mundo

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 18/08/2021 às 12:57
NOTÍCIA
Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

O setor de Tecnologia está crescendo cada vez mais no Brasil e no mundo. De acordo com dados do Datahub, por exemplo, o número de aberturas de empresas dessa área subiu 210% em 2020 no país. O Nordeste ficou em 3º lugar no ranking de regiões que concentram o maior número de criação de empresas desse segmento na última década. A procura por estágios na área também tem crescido.

Um dos motivos dessa procura é o aumento da oferta de vagas no setor. Segundo a empresa de recrutamento especializada na contratação de profissionais de tecnologia, a GeekHunter, o número de vagas abertas cresceu 310% no ano passado.

Os jovens são muito atraídos pelo mercado em expansão atualmente. De acordo com o coordenador de tecnologia Adriano Medeiros, as facilidades para trabalhar de qualquer lugar são pontos favoráveis. "As áreas de tecnologia estão bastante aquecidas, principalmente agora com as flexibilizações de home office, com a possibilidade de estudar e trabalhar fora do país sem sair do país", explica.

Dia do Estagiário: conheça a história de profissionais que iniciaram a carreira no estágio e se destacam no mercado

Confira 5 dicas para se sair bem na entrevista de estágio

Diferencial

Os diferenciais para o estudante que quer um bom posicionamento na área são ter experiência adquirida através de estágio e estar bem conectado ao mercado. "Ele precisa buscar cursos de especialização e carga horária extra para conseguir um bom estágio, principalmente para quem quer ser desenvolvedor. Conhecer novas tecnologias, linguagem de programação, estrutura de bancos de dados também é muito importante. Ele precisa estar bem preparado além do que a universidade já prepara", reforça Medeiros.

Lucas Nascimento começou como estagiário prestando serviço para uma empresa no Armazém da Criatividade, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Ele trabalhou na área de suporte ao usuário, além de manutenção e gerência de Rede de intranet e internet. O jovem também destacou a importância do estágio para ir além dos conhecimentos adquiridos na faculdade.

"Tive a melhor experiência possível, tive profissionais de muito alto nível para me mentorar e ensinar. Consegui juntar o máximo de aprendizado na prática que não tive na teoria durante a faculdade, foi o complemento que faltava, além de estar em um ambiente de inspiração, inovação e criatividade que é o Armazém", conta ele.

Em relação às novas tendências para a área, Medeiros destaca que praticamente tudo relacionado a tecnologia tem espaço e mercado. "Todo mundo que está, de certa maneira, cursando alguma faculdade de tecnologia tem um bom espaço. O mercado é competitivo, mas há vagas em aberto, principalmente para quem está lidando com inteligência artificial, análise de dados e questões que possam trazer mais eficiência e velocidade nessa troca de informações. Não existe uma tendência específica, todas as áreas de tecnologia estão aquecidas", finaliza.

*Com dados da Exame e Valor Investe

Mais Lidas