internacional

Brasil tenta resgatar cidadãos brasileiros no Afeganistão em voos humanitários

Os cidadãos entraram em contato com o governo brasileiro para deixar o país após a tomada pelo Talibã.

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 20/08/2021 às 12:10
NOTÍCIA
SHAKIB RAHMANI / AFP
FOTO: SHAKIB RAHMANI / AFP
Leitura:

Ao menos dois brasileiros estão em busca de ajuda para conseguir deixar o Afeganistão após a tomada de poder por parte do Talibã, desde o último domingo (15). A Folha de S.Paulo divulgou que o governo brasileiro busca vaga em voos humanitários para resgatar os cidadãos que estão em território afegão.

O jornal paulista divulgou que seis pessoas fizeram contato com o consulado do Itamaraty afirmando estar no Afeganistão e dois deles pediram ajuda para sair do país. A operação para retirada está sendo viabilizada pelo Ministério das Relações Exteriores.

Na última segunda-feira (16), o Itamaraty tinha emitido nota informando não haver registro de cidadãos brasileiros residindo ou em trânsito no Afeganistão. No texto, o governo expressou "profunda preocupação com a deterioração da situação no Afeganistão e as graves violações dos direitos humanos".

O Itamaraty reforçou ainda a importância de um "rápido engajamento" da Organização das Nações Unidas (ONU) para estabelecer canais de diálogo com o Afeganistão e disse esperar que o Conselho de Segurança da ONU possa atuar para assegurar a paz na região.

"O governo brasileiro conclama os atores envolvidos a proteger os civis, respeitar o Direito Internacional Humanitário, garantir o acesso desimpedido da ajuda humanitária e respeitar os direitos fundamentais do povo afegão, em especial de mulheres e meninas. É necessário preservar os ganhos obtidos nas últimas décadas em matéria de proteção de direitos humanos, fortalecimento da democracia e desenvolvimento socioeconômico no Afeganistão", diz o texto.

Entenda o que está acontecendo no Afeganistão

Mais Lidas