explicação

O que aconteceu em Araçatuba? Entenda roubo que teve fuzis, drones, explosivos e escudo humano

Ao menos três pessoas morreram e outras quatro ficaram feridas.

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 30/08/2021 às 12:55
NOTÍCIA
Reprodução/ Twitter
FOTO: Reprodução/ Twitter
Leitura:

Um ataque orquestrado por homens fortemente armados em Araçatuba, São Paulo, deixou ao menos três mortos e quatro feridos na madrugada desta segunda-feira (30). Os suspeitos com fuzis explodiram caixas eletrônicos e fizeram reféns, que foram utilizados como "escudos humanos" na fuga. Além disso, foram espalhados explosivos pela cidade e foram registrados incêndios de veículos com o objetivo de bloquear algumas vias da cidade. 

Ciclista aciona acidentalmente explosivo deixado por suspeitos e tem os pés amputados em Araçatuba; veja vídeo

Os suspeitos utilizaram drones para monitorar a ação da polícia e provocaram pânico na população, que recebeu recomendação da polícia para não sair de casa. 

Entenda o que aconteceu em Araçatuba

Ação teve início por volta das 23h50 do domingo (29). Ao menos 15 suspeitos usaram explosivos para danificar dois caixas eletrônicos na região central de Araçatuba. A quantia levada ainda não foi divulgada. Outros estabelecimentos foram alvo de disparos de armas de grosso calibre.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que as armas utilizadas foram fuzis de calibre 7.62 e .50. Imagens compartilhadas nas redes sociais mostram que os suspeitos deixaram dinheiro pela rua, mas ainda não está claro se a atitude foi adotada para distrair ou atrapalhar os policiais. 

Reféns

Em meio à fuga, os suspeitos fizeram moradores de reféns e usaram pessoas como "escudo humano". Um vídeo compartilhado nas redes sociais mostra uma pessoa amarrada em cima de um carro utilizado na fuga. Um homem teria sido morto por ter filmado parte da ação, segundo a PM. 

 

A SSP divulgou ainda que deixados explosivos em ao menos 14 pontos da cidade. Um deles foi detonado quando um homem de 25 anos passou pelo local. A vítima sofreu amputações nos dois pés, teve dedos das mãos cortados e está internada em estado grave. A Polícia Militar recomendou que a população não saia de casa. 

Vítimas hospitalizadas

• Homem de 28 anos - Baleado no abdômen, está em estado estável;
• Homem de 31 anos - Baleado na face e braços, precisou ser intubado. Quadro clínico grave, mas estável;
• Homem de 38 anos - Baleado nas pernas, braço e cabeça, de raspão. Precisou ser intubado. Quadro clínico grave, mas estável;
• Homem de 25 anos - Atingido por um explosivo, sofreu amputações nos dois pés, teve dedos das mãos cortados e tem estilhaços em várias partes do corpo. Está intubado.

Mais Lidas