coronavírus

Butantan esclarecerá dúvidas sobre lotes suspensos da Coronavac

No último (4) a Anvisa interditou mais de 12 milhões de doses do imunizante por terem sido envasadas em uma fábrica não inspecionada

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 07/09/2021 às 14:33
NOTÍCIA
MIva Filho / SES
FOTO: MIva Filho / SES
Leitura:

No último sábado (4) a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a interdição cautelar de 25 lotes da vacina contra a covid-19 Coronavac, que foram envasadas em uma fábrica na China que não foi inspecionada. Com isso, a distribuição e aplicação das 12.113.934 doses que vieram nestes lotes estão proibidas por até 90 dias. As demais doses continuam liberadas para uso. 

Por conta disso, o Instituto Butantan, que é responsável pelo fornecimento desta vacina no Brasil, anunciou uma força-tarefa para esclarecer todas as dúvidas a respeito dos lotes para a Anvisa. O diretor-presidente do instituto, Dimas Comas, e a gerente de qualidade Patrícia Meneguello participaram de uma reunião com a Anvisa para apresentar os dados de segurança sobre a utilização do imunizante. 

Sobre o caso

A Anvisa afirmou que foi informada pelo Instituto Butantan sobre a situação em uma reunião na última sexta-feira (3) e, depois, por meio de um ofício. A informação repassada à agência foi de que as doses foram envasadas em uma planta fabril da Sinovac, que desenvolve a vacina, que não foi inspecionada ou aprovada para Autorização de Uso Emergencial (AUE) no Brasil. 

Outras nove milhões de doses, que estão divididas em 17 lotes e também foram fabricadas no mesmo local, estão sendo enviadas para o Brasil. “Nesses termos, a vacina envasada em local não aprovado na Autorização de Uso Emergencial configura-se em produto não regularizado junto à Anvisa”, apontou o órgão em nota. A Anvisa também afirmou que avaliará as condições de boas práticas de fabricação e o potencial impacto dela na qualidade, eficácia e segurança do imunizante. 

Os 25 lotes suspensos são: 202107101H, 202107102H, 202107103H, 202107104H, 202108108H, 202108109H, 202108110H, 202108111H, 202108112H, 202108113H, 202108114H, 202108115H, 202108116H, L202106038, J202106025, J202106029, J202106030, J202106031, J202106032, J202106033, H202106042, H202106043, H202106044, J202106039 e L202106048.

Já os 17 lotes que ainda estão em tramitação e foram produzidos no mesmo local são: 202108116H, 202108117H, 202108125H, 202108126H, 202108127H, 202108128H, 202108129H, 202108168H, 202108169H, 202108170H, 2021081701K, 202108130H, 202108131H, 202108171K, 202108132H, 202108133H e 202108134H.

*Com informações do JC Online 

Mais Lidas