Política

Bolsonaro diz que vai se reunir com caminhoneiros nesta quinta-feira

Reunião deve tratar sobre protestos e manifestações

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 09/09/2021 às 12:45
NOTÍCIA
Marcelo Camargo / Agência Brasil
FOTO: Marcelo Camargo / Agência Brasil
Leitura:

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) confirmou que vai se reunir com os caminhoneiros apoiadores através de videoconferência ainda na manhã desta quinta-feira (9). A reunião tem como objetivo tratar sobre os protestos e manifestações que estão ocorrendo desde a terça-feira (7) nas rodovias do país todo.

O comunicado foi confirmada pelo Ministério da Infraestrutura. "Eu tenho uma hora na manhã... já tenho o tempo tomado com o pessoal dos Brics, uma hora, mas estou mais cedo também. Nesses dois intervalos vou conversar com os caminhoneiros para a gente tomar uma decisão", disse Bolsonaro em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília.

Veja:

Áudio de Bolsonaro é divulgado

Nessa quarta-feira (9) foi divulgado um áudio nas redes sociais enviado por Bolsonaro ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, em que pede o fim dos bloqueios feitos pelos caminhoneiros. Segundo o presidente, as paralisações atrapalham a economia.

"Fala para os caminhoneiros aí, que são nossos aliados, mas esses bloqueios atrapalham a nossa economia. Isso provoca desabastecimento, inflação e prejudica todo mundo, em especial, os mais pobres. Então, dá um toque no caras aí, se for possível, para liberar, está ok? Para a gente seguir a normalidade", disse presidente.

> "Bloqueios atrapalham a nossa economia", diz Bolsonaro em áudio direcionado a caminhoneiros apoiadores

Bolsonaro também disse que negociará com autoridades de Brasília. "Deixa com a gente em Brasília aqui e agora. Mas não é fácil negociar e conversar por aqui com autoridades. Não é fácil. Mas a gente vai fazer a nossa parte aqui e vamos buscar uma solução para isso, tá ok?", afirmou.

AO VIVO: Estradas bloqueadas? Postos de gasolina lotados? Entenda a situação em Caruaru

Mais Lidas