Agressão

Funcionário de lanchonete tem orelha mordida e arrancada após cliente ser impedido de levar cervejas fiado

A vítima contou que o homem ainda agrediu dois funcionários

Bruna Padilha
Bruna Padilha
Publicado em 02/10/2021 às 11:55
NOTÍCIA Notícia
Reprodução/Internet
A vítima contou que o cliente ainda agrediu dois funcionários - FOTO: Reprodução/Internet
Leitura:

Um homem agrediu dois funcionários e mordeu e arrancou a orelha de outro em lanchonete após ser impedido de comprar cervejas fiado. A briga aconteceu nesta sexta (1º) em São José da Tapera, no Sertão de Alagoas.

Guilherme Souza, de 20 anos, é o chapeiro da lanchonete que foi vítima da agressão. Sua mãe estava no local e presenciou todo o ataque. Ele e outro funcionário explicaram ao G1, como aconteceu o ataque e que ele é um cliente frequente do local, mas nunca havia agredido ninguém.

..

Arquivo Pessoal
Pedaço da orelha arrancada do funcionário - Arquivo Pessoal

O homem teria chegado ao estabelecimento alterado e agrediu os funcionários quando foi impedido no balcão de levar as cervejas sem pagar e o local não tem autorização para vender fiado. Os trabalhadores colocaram o homem para fora do local, mas ele voltou e continuou as agressões.

De acordo com Guilherme, o agressor tentou entrar na cozinha, mas foi impedido e o homem tentou ir para cima da mãe dele, foi quando o jovem tomou a frente para afastá-lo. Sem conseguir bater no chapeiro, pois estava contido por outros funcionários, ele mordeu a orelha, arrancou e cuspiu fora.

Nota de repúdio

A lanchonete emitiu uma nota de repúdio, informando que não compactuam com nenhum tipo de violência. E que o estabelecimento está em colaboração com as autoridades responsáveis para resolver o caso.

..

Reprodução/Internet
Nota de repúdio emitida pela lanchonete - Reprodução/Internet

Arquivo Pessoal
Pedaço da orelha arrancada do funcionário - FOTO:Arquivo Pessoal
Reprodução/Internet
Nota de repúdio emitida pela lanchonete - FOTO:Reprodução/Internet

Comentários

Mais Lidas