Alta nos preços

Procon diz que vender osso de boi é desumano após flagra de placa em estabelecimento

Órgão recomendou que empresas não vendam osso de boi

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 06/10/2021 às 15:23
NOTÍCIA Notícia
Reprodução/Caroline Borges, G1 SC
Procon diz que vender osso de boi é desumano após flagra de placa em estabelecimento - FOTO: Reprodução/Caroline Borges, G1 SC
Leitura:

A foto de uma placa dentro de um estabelecimento em Florianópolis em que estava escrito "Osso R$ 4,00 Kg. Osso é vendido e não dado" viralizou nas redes sociais recentemente. Após a repercussão, o Procon SC e a Associação Catarinense de Supermercados (Acats) emitiram uma nota técnica recomendando que empresas, como açougues e mercados, não vendam osso de boi.

..

De acordo com o órgão de defesa do consumidor, a alta nos preços dos alimentos limita as compras. O Procon entende que os ossos devam ser doados, como já ocorria antes, porque a cobrança fere o Código de Defesa do Consumidor.

"No momento de crise que estamos vivendo é até desumano que esses estabelecimentos estejam cobrando por ossos", diz o diretor do Procon SC, Tiago Silva.

*Com informações do NSC

Comentários

Mais Lidas