Saúde

Quando crianças menores de 12 anos serão vacinadas contra covid em Pernambuco? Entenda situação

Secretaria de Saúde de Pernambuco falou sobre o assunto em entrevista coletiva

NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 07/10/2021 às 13:05
NOTÍCIA Notícia
Victor Patrício/Prefeitura de Camaragibe
Vacina contra a covid-19 - FOTO: Victor Patrício/Prefeitura de Camaragibe
Leitura:

A vacinação contra a covid-19 continua em Pernambuco. Diversas faixas etárias já foram contempladas, mas os pais e responsáveis por crianças com idades entre 3 e 11 anos estão em dúvida sobre quando os filhos poderão receber a vacina contra a doença. Até o momento, apenas crianças acima de 12 anos podem ser imunizados.

..

De acordo com o secretário estadual de Saúde, André Longo, os casos da doença vem diminuindo em crianças. "Neste ano, no público com idades entre 3 e 11 anos, houve um pico em maio, quando registrado 2,1 mil casos. Desde então, vem diminuindo. Em setembro, foram registrados 328 casos. Estamos avançado na vacinação dos adultos e reduzindo a circulação do vírus no estado", disse.

Durante coletiva nesta quinta-feira (7), a Secretaria de Saúde de Pernambuco explicou que está aguardando os estudos da fase 3 para poder iniciar a aplicação dos imunizantes nesse público.

Quando crianças menores de 12 anos serão vacinadas contra covid?

"As crianças, nesta pandemia, foram poupadas na maioria dos casos das formas graves. Entretanto, se comparados os dados do Brasil e outros países pobres com os números de nações como o Reino Unidos e os Estados Unidos, na população entre 0 e 19 anos, temos 15 vezes mais letalidade no Brasil. Então, a vacinação em pediatria é desejada. Em um futuro próximo será incorporada. Mas estamos aguardando estudos de fase 3 para saber se a vacina é segura e eficaz em pediatria. Não tenho a menor dúvida de que esse é um publico que precisará ser vacinado, assim que tivermos garantia da segurança", explica o pediatra e representante da Sociedade Brasileira de Imunizações, Eduardo Jorge da Fonseca.

*Com informações da Rádio Jornal

Comentários

Mais Lidas