Dia do professor

Após se tornar médico e ajudar na recuperação de professor com Covid-19, ex-aluno presta homenagem

Diego foi um dos profissionais que cuidou do professor Menelau Júnior quando ele estava internado na luta contra a doença.

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 15/10/2021 às 15:08
NOTÍCIA Notícia
TV Jornal Interior/Reprodução
Menelau reencontra ex-aluno - FOTO: TV Jornal Interior/Reprodução
Leitura:

Educadores fazem parte da formação profissional de muitas pessoas e suas contribuições são indissociáveis do sucesso de um ex-aluno. Neste dia 15 de outubro é comemorado o Dia do Professor, uma data para homenagear estes profissionais que dedicam a vida para promover muito além da educação a seus alunos. 

As homenagens, no entanto, vão além das palavras e dos gestos expressados nesta data. Reencontros como o de Diego e Menelau Júnior mostram que a vida une os propósitos de quem tem a missão de educar e quem recebeu os ensinamentos de um grande mestre.

..

Em maio deste ano, professor e ex-aluno se reencontraram em um hospital de Caruaru, no Agreste. Diego, que agora é medico, foi um dos responsáveis por cuidar e ajudar na recuperação do ex-professor. Menelau Júnior foi internado no dia 26 de maio e passou 11 dias internado, chegando a passar pela UTI.

No dia 3 de junho, Menelau, que é uma das grandes referências no ensino da língua portuguesa em Caruaru e região, recebeu alta médica e neste Dia dos Professores recebeu uma homenagem do ex-aluno. 

"Eu soube que Menelau estava interno lá no hospital, ele ainda não estava na UTI. Eu sou de uma UTI que não é a que ele ficou. Então, quando eu estava saindo do hospital, eu disse à minha esposa 'Meu professor está aí e eu tenho que voltar para vê-lo'. Cheguei lá e falei para ele ficar tranquilo, que iria dar tudo certo", disse Diego.

Emocionado, o professor, que é lembrado pelos alunos como alguém que sempre guarda recordação daqueles que passam por sua sala de aula, recordou o período de tratamento e agradeceu por ter contribuído com a formação de profissionais como Diego.

"Eu estava na UTI extremamente fragilizado, com medo de não voltar. Ele chegou a fazer ligação utilizando o celular dele para que eu tivesse contato com minha família. Foi aquela pessoa que realmente traz para você uma esperança ali dentro. Acho que Diego, nesse momento, personificou todo o carinho que talvez eu tenha construído ao longo desses 30 anos. [...] Isso me deixa extremamente feliz e certo de que fiz a escolha que eu tinha que fazer", conta Menelau.

Confira a reportagem completa:

 

Comentários

Mais Lidas