Prêmio

MST recebe prêmio internacional da ONU por ações durante a pandemia

Cerimônia acontece virtualmente na manhã desta sexta-feira (22)

Lyllyan Belo
Lyllyan Belo
Publicado em 20/10/2021 às 15:25
NOTÍCIA Notícia
Wellington Lenon/MST
MST doou mais de 5 mil toneladas de alimentos durante a pandemia - FOTO: Wellington Lenon/MST
Leitura:

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) receberá o prêmio internacional Esther Busser Memorial Prize por sua atuação na 'garantia de condições dignas de vida e de trabalho para a população brasileira'. A cerimônia acontece virtualmente na manhã desta sexta-feira (22).

O prêmio é promovido pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), agência multilateral da Organização das Nações Unidas (ONU) sediada em Genebra, na Suíça. A agência avaliou centenas de organizações e indivíduos de países emergentes que dedicam seu trabalho à justiça social. Além do MST, outras quatro iniciativas vão ser homenageadas.

O movimento, que foi fundado em 1984, assenta cerca de 350 mil famílias, em 24 estados do Brasil, e defende a Reforma Agrária, preservação do meio ambiente, produção de alimentos saudáveis e mudanças sociais no país.

Durante a pandemia de Covid-19, o MST doou mais de 5 mil toneladas de alimentos para pessoas em situação de vulnerabilidade. Além de implantar o plano "Plantar Árvores, Produzir Alimentos Saudáveis", onde mais de 1 milhão de árvores foram plantadas em todo país.

Prêmio Esther Busser

O nome do prêmio é em homenagem à defensora dos direitos dos trabalhadores Esther Busser. A pesquisadora se destacou como diretora adjunta da Confederação Sindical Internacional (ITUC, na sigla em inglês) por uma década e continuou seu trabalho mesmo lutando contra o câncer, falecendo em 2019.

Comentários

Mais Lidas