covid-19

Paulo Câmara revoga decreto sobre participação de público em igrejas e templos

Plano anterior exigia comprovante de vacinação completa e teste de covid-19 negativo em cultos e missas

Lyllyan Belo
Lyllyan Belo
Publicado em 03/11/2021 às 14:40
Notícia
Aluisio Moreira/SEI
Paulo Câmara recebeu a 2ª dose da vacina contra a covid-19 - FOTO: Aluisio Moreira/SEI
Leitura:

O governador Paulo Câmara assinou na última sexta-feira (29) um novo decreto para o plano de convivência com a Covid-19 para o Estado de Pernambuco. O decreto 51.749 começou a ser aplicado a partir do dia 1º de novembro.

O ato revoga o decreto 51.460, de 27 de setembro de 2021, que exigia comprovante de vacinação completa e teste de covid-19 negativo para realização de cultos e missas em igrejas e templos com mais de 300 lugares. O decreto inicial do governador foi alvo de críticas da bancada evangélica do estado.

O novo decreto não faz menção a igrejas e templos, mas permanece vedada a realização de eventos nos espaços públicos.

Com o novo decreto, caberá à Secretaria Estadual de Saúde e à Secretaria de Desenvolvimento Econômico "estabelecer normas complementares específicas" sobre o plano de convivência com a Covid-19 no Estado de Pernambuco. Podendo as duas Secretarias, se quiserem, estabelecer restrições para ingresso nas igrejas e templos.

*Com informações JC

Comentários

Mais Lidas