violência

'Professora do ano' é presa por agredir aluna dias depois de receber título

Mulher teria batido várias vezes no rosto de uma estudante

Lyllyan Belo
Lyllyan Belo
Publicado em 03/11/2021 às 15:57
Notícia
Reprodução/Instagram
Professora foi acusada de abuso infantil - FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

Uma professora foi acusada e presa por abuso infantil dois dias após ser nomeada a “Professora do Ano” em uma escola da Flórida, nos Estados Unidos. A mulher teria batido várias vezes no rosto de uma estudante.

De acordo com a polícia, a educadora Caroline Lee, de 60 anos, abordou a aluna em sala de aula para discutir uma postagem no Instagram da jovem, que a professora considerou ameaçadora.

Imagens da câmara de vigilância da escola mostraram o momento em que a estudante sai da sala com o nariz sangrando e segurando o rosto, seguindo para a sala de orientação, onde reportou a professora pela agressão.
Segundo a emissora News4Jax, a jovem tentou segurar os dois braços da professora para não ser atingida, mas ela a chutou na parte inferior da perna.

De acordo com a emissora News4Jax, a aluna havia contestado a publicação da escola com a homenagem a professora, que teria usado palavras de cunho racista em sala de aula. Caroline chegou a responder o comentário da estudante, que foi interpretado pela educadora como uma “ameaça de morte”.

A professora compareceu na primeira audiência do caso e foi solta sob fiança. Uma segunda audiência está marcada para 22 de novembro, como informou a News4Jax.

O diretor da escola informou aos pais dos alunos que a professora não retornaria enquanto se aguarda os procedimentos judiciais e internos.

Comentários

Mais Lidas