polícia

Mulher é presa suspeita de extorquir padre após flagrar conversas íntimas com marido

Acusada pedia R$ 20 mil ao religioso ou divulgaria as mensagens

Lyllyan Belo
Lyllyan Belo
Publicado em 04/11/2021 às 16:57
Notícia
Reprodução/Google Street View
Diocese de Catanduva, em São Paulo - FOTO: Reprodução/Google Street View
Leitura:

Uma mulher de 27 anos foi presa suspeita de extorquir um padre no município de Catanduva, em São Paulo. A mulher estaria chantageando o religioso após flagrar ele trocando conversas íntimas com o marido dela.

De acordo com o boletim de ocorrências obtido pelo UOL, em junho, o padre já tinha pago R$ 3 mil em troca do silêncio da mulher. A chantagem seguiu até setembro, quando o religioso fez a denúncia à polícia. Ainda segundo o documento, a mulher pedia R$ 20 mil ou divulgaria as conversas.

A acusada mandou um mototaxista até a casa do padre para buscar o dinheiro. Quando parado pelo policiamento, ele informou que buscaria apenas documentos.

A mulher foi localizada e presa pelo crime de extorsão. Ela confessou o crime. A suspeita está em liberdade provisória com medidas cautelares e deve comparecer ao juíz todo mês. Ela também está proibida de manter contato com o padre.

Sobre o caso, a Diocese de Catanduva comunicou a Uol que "preza pelo compromisso da evangelização e esclarece não ser parte envolvida no caso em questão, mas, desde já, se coloca à disposição para contribuir e sempre auxiliar a justiça".

O processo segue em segredo de Justiça.

*Com informações Uol

Comentários

Mais Lidas