Economia

Cesta básica chega a mais de R$ 700 reais; veja quais produtos tiveram aumento

Com base no levantamento, o salário mínimo no Brasil deveria ser de R$ 5.886,50

Lyllyan Belo
Lyllyan Belo
Publicado em 08/11/2021 às 16:01
Notícia
Pixabay
Cesta básica chegou a mais de R$ 700 - FOTO: Pixabay
Leitura:

O Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos) divulgou na sexta-feira (5) o preço da cesta básica de outubro. Segundo o levantamento, o valor chegou a passar de R$ 700.

De acordo com a pesquisa, que foi realizada em 17 capitais, a cesta mais cara foi em Florianópolis (R$ 700,69), seguida de São Paulo (R$ 693,79), Porto Alegre (R$ 691,08) e Rio de Janeiro (R$ 673,85). A cesta básica mais barata foi em Aracaju (R$ 464,17).

Em Vitória, no Espírito Santo, o aumento foi o maior registrado, com alta de 6% do valor. Já Recife, teve a maior queda, com diminuição de 0,85% no preço.

Os produtos que tiveram a maior alta foram batata (33,78%), tomate (55,54%), pó de café (10,14%), óleo de soja (3,22%), Manteiga (5,18%), Leite (2,98%)
e açúcar (7,02%).

Ainda segundo a Dieese, até setembro, o preço não tinha alcançado a faixa dos R$ 700 em nenhuma capital do país.

Com base no levantamento, o salário mínimo no Brasil deveria ser de R$ 5.886,50, segundo a Diesse, com base em uma família de quatro pessoas, com dois adultos e duas crianças. O valor é calculado com base em despesas médicas, escolares, alimentícias, lazer e segurança.

Comentários

Mais Lidas