Pernambuco

Vendedor ambulante que disse ter encontrado bebê abandonado em Olinda é o pai da criança; entenda

Homem disse que estava passando pelo Sítio Histórico quando encontrou recém-nascido

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 11/11/2021 às 17:12
Notícia
Pixabay
Vendedor ambulante que disse ter encontrado bebê abandonado em Olinda é o pai da criança - FOTO: Pixabay
Leitura:

Os pais do bebê recém-nascido que foi encontrado no dia 2 de novembro no Sítio Histórico de Olinda foram à delegacia do Varadouro para depor nesta quinta-feira (11). De acordo com o advogado do casal, o pai da criança é o homem que disse ser vendedor ambulante e que teria levado o bebê ao hospital.

..

O advogado James Lancaster disse à TV Jornal que o casal não sabia da gravidez: “Em momento algum houve o abandono da criança, na verdade, houve um direcionamento ao hospital para que ela pudesse ser tratada do jeito que merece e sobreviver. A mãe vinha menstruando todo mês, de forma irregular. Eles não estavam preparados, não foi feito o pré-natal”.

De acordo com Lancaster, o casal estava dormindo quando a mulher acordou sentindo um incômodo. O parto foi realizado pelo próprio casal. “Ali mesmo, em 10 minutos, eles decidiram o que iriam fazer. Desesperados, pensaram que não teriam condições de criar o filho. Então, ele [o pai] pegou a criança e foi direto para o hospital”, contou o advogado.

Lancaster disse ao JC que o pai da criança entrou em contato após ser intimado a depor. Ele explicou que o casal queria ficar com a criança. O advogado disse não ter conhecimento do outro casal que procurou pelo bebê no Hospital Tricentenário, dizendo ter parentesco com o pai.

Relembre o caso

Um bebê recém nascido foi encontrado no Sítio Histórico de Olinda. Segundo o JC, a polícia informou que um vendedor ambulante estava passando pelo cruzamento da Rua São Francisco com a Rua Bispo Coutinho quando ouviu um choro e encontrou um bebê.

A criança ainda estava com o cordão umbilical e foi levada pelo homem para o Hospital do Tricentenário, em Olinda. O Conselho Tutelar informou que o Ministério Público e a Vara da Infância serão notificados para realizar trâmites judiciais.

De acordo com o JC, o bebê permanece no Hospital Tricentenário, em Olinda, nesta quinta-feira (11). A assessoria da unidade informou que o bebê conclui o ciclo de antibióticos e, com isso, o médico neonatologista pode solicitar exames, que devem ficar prontos no período da tarde. Após receber alta, o bebê será levado para uma casa de acolhida.

*Com informações da TV Jornal e JC

Assista:

Comentários

Mais Lidas