ameaça

Acusada de transfobia, J.K. Rowling revela ter recebido ameaças de morte: "Bomba caseira na caixa de correio"

Escritora afirmou que três ativistas divulgaram seu endereço na tentativa de 'intimidá-la’

Gabriela Luna
Gabriela Luna
Publicado em 23/11/2021 às 11:46
Notícia
Divulgação
J.K. Rowling: a escritora fez o maior sucesso com os livros de Harry Potter. Mas, antes de lançar as obras, ela deu aulas de inglês em Portugal. A escritora já contou que dava as aulas de inglês à noite e escrevia capítulos de A Pedra Filosofal durante o dia. - FOTO: Divulgação
Leitura:

A autora da saga Harry Potter, J. K. Rowling revelou nessa segunda-feira (22) que recebeu ameaças de morte de ativistas dos direitos de pessoas trans que a acusam de discriminação.

"Recebi tantas ameaças de morte que agora poderia colocar de papel de parede", disse a romancista no Twitter.

Contactada pela AFP, a polícia escocesa afirmou que o caso estava sendo investigado.

..

No ano passado, a autora das histórias do bruxo compartilhou um artigo sobre "pessoas que menstruam" no Twitter. "Tenho certeza de que costumava haver uma palavra para essas pessoas. Que alguém me ajude", ela indicou, ironicamente.

Vários internautas responderam que homens transgêneros podem menstruar e que há mulheres trans que não podem.

Rowling afirmou na segunda-feira que foi procurada por muitas mulheres que foram vítimas de "campanhas de intimidação", variando de assédio a ameaças de estupro. E acusou três ativistas que divulgaram seu endereço de terem feito isso para "intimidá-la e impedi-la de defender os direitos das mulheres com base no sexo" biológico.

*Com informações do G1

Comentários

Mais Lidas