sexualidade

Anitta diz ter "cistite de lua de mel" após relação sexual; entenda o que é

Cantora revelou que sofre com uma inflamação que acomete a uretra e a bexiga

Gabriela Luna
Gabriela Luna
Publicado em 23/11/2021 às 12:16
Notícia
Reprodução/Internet
Anitta - FOTO: Reprodução/Internet
Leitura:

Durante uma conversa com Sabrina Sato, Anitta revelou que sofre da chamada "cistite de lua de mel", uma inflamação que atinge a uretra e a bexiga.

“Um problema péssimo que eu tenho é cistite de lua de mel. Eu não posso transar com alguém muito avantajado que eu não consigo caminhar no dia seguinte. É horrível!”, disse a cantora em vídeo publicado no canal de Sabrina Sato.

Apesar da afirmação da artista, os especialistas não consideram que o problema tem relação com o tamanho do pênis do parceiro. Na verdade, a condição está relacionada com posição da uretra da mulher, que por estar muito próxima do canal vaginal e do ânus, pode favorecer a entrada de bactérias.

O que é cistite de lua de mel?

Cistite de lua de mel é o nome popular da cistite pós-coito, uma inflamação que acomete a uretra e a bexiga, após uma relação sexual. Geralmente é causada pela subida das bactérias da própria vagina para a bexiga devido a várias pequenas lesões na uretra, devido ao ato sexual repetitivo.

Como ocorre?

As causas da cistite estão relacionadas à contaminação da bexiga com bactérias vindas do trato urinário ou do próprio intestino, podendo acontecer devido à:


•Contato íntimo sem uso de preservativo;
•Má higiene local, limpando-se de trás para frente;
•Baixa produção de urina causada pela pouca ingestão de água;
•Pouco espaço entre a uretra e o ânus, no caso das mulheres, neste caso seria um defeito anatômico;
•Conexão anormal entre a bexiga e a vagina, condição conhecida como fístula vesicovaginal;
•Uso de alguns medicamentos que interferem na imunidade e favorece a proliferação de microrganismos;
•Irritação por químicos, como sabonetes ou perfumes na região íntima, havendo desequilíbrio do pH e favorecendo infecções;
•Doenças crônicas, como diabetes, já que os níveis elevados de açúcar no sangue podem aumentar o risco de infecções.

Quais os sintomas da doença?

A pessoa pode apresentar alguns sinais e sintomas, como febre baixa, vontade frequente em urinar, apesar de ser eliminada pouca urina, ardência ou queimação do urinar. Quando há dor no fundo das costas, pode ser indicativo de que a bactéria chegou aos rins e está provocando a sua inflamação, sendo muito importante nesse caso que o tratamento seja iniciado o mais rápido possível.

Comentários

Mais Lidas