Pandemia

Comprovante de vacinação será obrigatório para acesso a estabelecimentos públicos em Pernambuco

A entrada nos locais vinculados ao Governo do Estado só será possível às pessoas que comprovarem estar completamente imunizadas

Bruna Padilha
Bruna Padilha
Publicado em 26/11/2021 às 9:30
Notícia
Myke Sena / Ministério da Saúde
Vacinação - FOTO: Myke Sena / Ministério da Saúde
Leitura:

Através de coletiva de imprensa, o Governo de Pernambuco anunciou que a partir do dia 1º de dezembro, o acesso aos estabelecimentos públicos em Pernambuco só será possível com a apresentação do comprovante de vacinação com esquema completo contra a Covid-19. De acordo com o Secretário estadual de Saúde André Longo, explicou que as as normas vão ser publicadas nos próximos dias no Diário Oficial.

De acordo com o secretário estadual de Planejamento e Gestão, Alexandre Rebêlo, que apresentou novas regras para o setor de eventos e para o funcionamento dos estabelecimentos de alimentação, válidas a partir da próxima segunda-feira, dia 29. “Os eventos passam a receber um público de até 7.500 pessoas, ou 50% da capacidade do espaço. Lembrando que continua sendo necessária a apresentação da comprovação do ciclo vacinal completo em locais acima de 300 pessoas. Bares e restaurantes poderão aumentar a capacidade das mesas para até 50 pessoas”, disse.

Atraso na vacinação

São 590.103 pernambucanos estão com a segunda dose da vacina, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde e que está preocupando o governo. “Uma única dose não é o suficiente para garantir uma proteção robusta contra o vírus. Aqui em Pernambuco, por exemplo, 20% das pessoas internadas com a forma grave da Covid-19 estavam vacinadas com apenas uma dose. Além disso, 17% dos pacientes que vieram a óbito também se encontravam nas mesmas condições”, disse André Longo.

Comentários

Mais Lidas