denúncia

Ministério Público denuncia cantor Eduardo Costa por estelionato

Segundo as investigações, sertanejo negociou uma casa em área de preservação permanente

Gabriela Luna
Gabriela Luna
Publicado em 30/11/2021 às 10:17
Notícia
Foto: Instagram/Reprodução
Eduardo Costa em imóvel em Capitólio, no Sul de Minas, em 2014 - FOTO: Foto: Instagram/Reprodução
Leitura:

O cantor sertanejo Eduardo Costa foi denunciado pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) por estelionato. A denúncia, distribuída nessa segunda-feira (29) à 11ª Vara Criminal da Comarca de Belo Horizonte, ainda não foi analisada pela Justiça.

Segundo a Polícia Civil, Eduardo Costa negociou um imóvel em Capitólio, no Sul de Minas, avaliado em R$ 7 milhões, em troca de uma casa, de propriedade de um casal, na Região da Pampulha, na capital mineira, avaliada em R$ 9 milhões.

A diferença de valores seria paga pelo cantor com uma lancha, um carro de luxo e uma moto aquática.
No entanto, ao tentar registrar o imóvel de Capitólio, o casal soube que ele era alvo de uma ação civil pública que pedia a demolição parcial do terreno em uma área de preservação permanente.

Em 2018, ao prestar depoimento no Departamento Estadual de Investigação de Fraudes, em Belo Horizonte, o sertanejo afirmou que o casal sabia que o terreno estava em uma área de preservação permanente.

Já o advogado dos compradores, Arnaldo Soares Alves, negou que os clientes soubessem que o imóvel era alvo de ações judiciais.

Comentários

Mais Lidas