LUTO

Morre de parada cardíaca Paulinho Camafeu, precursor do axé no Carnaval

Gilberto Gil e Daniela Mercury usaram o Twitter para prestar suas homenagens e se despedir

Lyllyan Belo
Lyllyan Belo
Publicado em 30/11/2021 às 14:49
Notícia
Divulgação
Paulinho Camafeu, um dos pais da Axé Music - FOTO: Divulgação
Leitura:

Morreu na noite desta segunda-feira (29) aos 73 anos o compositor Paulinho Camafeu, vítima de uma parada cardíaca. O músico foi um dos precursores do axé no Carnaval de Salvador.

Paulinho estava internado desde o dia 18 de novembro com problemas cardíacos, e estava entubado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital devido ao agravamento do seu caso. Na noite deste segunda, o músico sofreu mais uma parada cardíaca e não resistiu.

Os cantores Gilberto Gil e Daniela Mercury usaram o Twitter para prestar suas homenagens e se despedir de Paulinho Camafeu.

Trajetória de Paulinho Camafeu

Paulo Vitor Bacelar, verdadeiro nome do artista, foi um dos principais compositores do Axé Music, com sucessos lembrados até hoje, como "Ilê Aiyê (Que Bloco é Esse)", “Afoxé Badauê”, “Menina do Cateretê” e "Meu Cabelo Duro É Assim". Além de contribuir com músicas diversas outras músicas.

O músico começou a carreira como percussionista em Salvador, ganhando destaque em
escolas de samba da capital. Ele também era compositor do bloco de inspiração indígena, “Apaches do Tororó”.

Seu primeiro sucesso foi a música "Ilê Aiyê (Que Bloco é Esse)", apresentada em 1975 no bloco afro Ilê Aiyê. A música foi considerada um passo importante para o movimento de reafricanização do Carnaval baiano.

Comentários

Mais Lidas