vírus

Em 7 dias, Pernambuco registra aumento de 54% em casos de síndrome respiratória aguda grave

Com os números, Estado volta ao patamar de julho

Gabriela Luna
Gabriela Luna
Publicado em 27/12/2021 às 7:27
Notícia
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Entre os confirmados, 13 (3%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 364 (97%) são leves - FOTO: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Leitura:

Os casos de síndrome respiratória aguda grave (srag) em Pernambuco permaneciam em nível de estabilidade, mas na última semana o número de pessoas com quadro de srag deu um salto em relação a sete dias anteriores, com um aumento de 54%.

Na até o último domingo, foram notificados 566 casos. Com isso, Pernambuco volta ao patamar de julho e interrompe uma sequência de semanas de estabilidade de srag com o controle da pandemia. O aumento coincide com o registro expressivo de pessoas com diagnóstico de gripe no Estado.

..

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou, em nota enviada ao JC, que há pouco mais de uma semana, vem notando o aumento de doenças respiratórias no Estado.

"Também foram diagnosticadas laboratorialmente as primeiras ocorrências da influenza A (H3N2), doença sazonal e que vem acometendo diversas regiões brasileiras. Por isso, nesta última semana, foi divulgada nota técnica e realizada capacitação com a rede de saúde para reforçar as informações sobre a influenza, importância da notificação dos casos de síndrome respiratória aguda grave (srag) e diagnóstico diferencial com a covid-19, inclusive por meio das análises laboratoriais pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-PE)", diz a SES.

A SES ressalta ainda que o número de casos de covid-19 vem se mantendo estável nos últimos dias. "Mesmo assim, a secretaria continua reforçando a testagem dos doentes respiratórios para o vírus, inclusive com teste rápido, e também realizando análise laboratorial pela técnica de RT-PCR para outros agentes, como a própria influenza, para verificar qual está predominando."

*Com informações do JC

Comentários

Mais Lidas