Política

Governador da Bahia diz que aceitará ajuda da Argentina, sem passar por diplomacia brasileira, após recusa do Governo Federal

Rui Costa informou que aceitará qualquer tipo de ajuda que for dada

Bruna Padilha
Bruna Padilha
Publicado em 30/12/2021 às 15:50
Notícia
Clewton Dias / G4TV Drones / AFP
136 municípios do estado decretaram situação de emergência - FOTO: Clewton Dias / G4TV Drones / AFP
Leitura:

O Governador da Bahia, Rui Costa, informou através de suas redes sociais que aceitará ajuda de qualquer país de forma direta, sem precisar passar pela diplomacia brasileira. O chefe de estado deu tal declaração após o Governo Federal recusar receber ajuda da Argentina na manhã de quinta (30).

“A Argentina ofereceu ajuda humanitária às cidades afetadas pelas chuvas na #Bahia, apesar da negativa do Governo Federal. Me dirijo a todos os países do mundo: a #Bahia aceitará diretamente, sem precisar passar pela diplomacia brasileira, qualquer tipo de ajuda neste momento.”

De acordo com o Governador, os baianos estão precisando de todo tipo de ajuda e que estão trabalhando incansavelmente para conseguir reconstruir tudo que foi destruído.

“Os baianos e brasileiros que moram aqui no estado precisam de todo tipo de ajuda. Estamos trabalhando muito, incansavelmente, para reconstruir as cidades e as casas destruídas, mas a soma de esforços acelera este processo, portanto é muito bem-vinda qualquer ajuda neste momento.”

Argentina

Foi solicitado pelo Governador da Bahia, na tarde de quarta (29), uma autorização para a missão humanitária da Argentina. Mas o Ministério das Relações Exteriores negou a ajuda.

O presidente Jair Bolsonaro comentou através de suas redes sociais sobre a recusa, informando que essa ajuda sairia cara demais para o Brasil. Mas que as Forças Armadas, em coordenação com a Defesa Civil, já estavam prestando aquele tipo de assistência à população afetada, inclusive com o apoio de 3 helicópteros da Marinha e Exército. 

Comentários

Mais Lidas