polêmica

"Não passava de um covarde", diz Antonia Fontenelle sobre morte de Batoré

Apresentadora gerou polêmica ao comentar embate jurídico com o humorista em 2019

Gabriela Luna
Gabriela Luna
Publicado em 11/01/2022 às 11:57
Notícia
Foto: Reprodução
Em 2019, a apresentadora processou o comediante e pediu R$ 110 mil de indenização por danos morais - FOTO: Foto: Reprodução
Leitura:

Nessa segunda-feira (10), Antonia Fontenelle causou polêmica ao emitir opinião sobre o humorista Batoré, após a morte do artista aos 61 anos, vítima de um câncer. Em vídeo postado nos Stories do Instagram, a apresentadora chamou Batoré de “covarde” e “machista”.

"Hoje morreu um cearense, que todos chamam de humorista, e que para mim ele não passava de um cara covarde, machista e que me apontou, me julgou, foi cruel, foi covarde comigo, sem nunca ter me visto na vida, sem nunca eu ter feito nada com ele, o tal do Batoré", iniciou Antonia Fontenelle.

"Agora um monte de gente: coitadinho, Batoré morreu! Coitadinho o c*, não é porque ele morreu, que ele passou a ser santo e vai morar com Deus”, completou a apresentadora.

Em 2019, a apresentadora processou o comediante e pediu R$ 110 mil de indenização por danos morais após ele chamá-la de “rapariga”.

Comentários


Mais Lidas