respeito

Papa Francisco pede que pais 'não condenem' e ofereçam apoio a filhos homossexuais

Anteriormente, o pontífice disse que os gays têm o direito de serem aceitos por suas famílias como filhos e irmãos

Gabriela Luna
Gabriela Luna
Publicado em 26/01/2022 às 10:51
Notícia
AFP
Papa Francisco - FOTO: AFP
Leitura:

Durante audiência no Vaticano nesta quarta-feira (26), o Papa Francisco declarou que os pais não devem condenar filhos homossexuais, mas oferecer apoio a eles. O pontífice fez o comentário ao citar as dificuldades que famílias podem enfrentar na criação de filhos.

“Pais que veem diferentes orientações sexuais em seus filhos questionam como lidar com isso, como acompanhar seus filhos e não se esconder atrás de uma atitude de condenação.”, disse Francisco.

..

Apesar das regras da Igreja sobre o tema, não é a primeira vez que o Santo Padre faz comentários em defesa da pauta LGBTQIA+. Anteriormente, o Papa disse que os gays têm o direito de serem aceitos por suas famílias como filhos e irmãos.

Além disso, já afirmou que, embora o catolicismo não possa aceitar o casamento entre pessoas do mesmo sexo, endossa a proteção legal dessas uniões na esfera civil.


Mais Lidas