Violência

Após cobrar dívida de trabalho, congolês é morto por espancamento

Homem trabalhava como garçom e foi cobrar duas diárias não pagas

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 01/02/2022 às 10:08
Notícia
REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS
CRUELDADE Jovem de 24 anos foi agredido até a morte depois de ir cobrar pagamento por trabalho - FOTO: REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS
Leitura:

Um congolês de 24 anos morreu após ser espancado por cinco homens ao cobrar uma dívida de trabalho em um quiosque na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O caso ocorreu no dia 24 de janeiro.

..

Moïse Kakamgabe morava no Brasil desde 2014. Ele e a família chegaram ao país para fugir da guerra no Congo.

De acordo com os familiares, o homem trabalhava com garçom sem contrato e decidiu ir ao local na segunda-feira da semana passada para cobrar duas diárias que não foram pagas. O africano foi amarrado e espancado.

Através de nota, a Polícia Civil disse que está investigando o caso e que "as investigações estão em andamento na Delegacia de Homicídios da Capital (DHC)". Ainda de acordo com a polícia, foi realizada uma perícia no local e foram analisadas imagens de câmeras de segurança para identificar os suspeitos.

Comentários


Mais Lidas