crime

Dias antes do casamento, homem desiste da cerimônia e foge com moto da noiva

A mulher contou que, além de levar a moto, o noivo deixou dívidas no cartão de crédito e em empréstimos não pagos

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 03/02/2022 às 10:30
Notícia
Arquivo pessoal
Kátia compartilhou mensagens do noivo que fugiu com a moto - FOTO: Arquivo pessoal
Leitura:

Uma mulher, de 26 anos, prestou queixa na polícia depois que o noivo cancelou o casamento seis dias antes da cerimônia, que já estava com tudo pago, e fugiu com a moto dela. O caso ocorreu na cidade de Votorantim, em São Paulo. 

..

De acordo com Katia Katerine Lourencio, ela e o ex-companheiro iriam casar na quarta-feira (2). "Ele simplesmente foi embora, sem falar aonde estava minha moto e falando que ia pra Minas Gerais onde o pai dele mora. Mas ele acabou nem indo. Estou me sentindo enganada, principalmente, e triste porque eu tinha planejado toda uma vida com ele", disse em entrevista ao G1.

Kátia contou que, além de ter sido abandonada, o rapaz deixou dívidas no cartão de crédito dela. A mãe da jovem chegou a emprestar dinheiro ao homem para quitar o que estavam devendo, mas no mês de janeiro Kátia constatou que as dívidas não haviam sido pagas.

"Eu já tinha perguntado sobre as dívidas do meu cartão e ele falou que não sabia. Eu simplesmente soube que ele sempre esteve mentindo. Até o momento que meu nome estava sujo por causa dos cartões eu tava perdoando, mas depois da moto eu surtei".

História do casal

Kátia contou que conheceu o ex-noivo no ano passado, através de uma amiga em comum, e em junho de 2021 começaram a namorar. Em novembro, os dois ficaram noivos. O rapaz sugeriu que os dois pegassem alguns cartões de créditos para comprar os móveis da futura casa.

"Eu larguei meu emprego e comecei a trabalhar com ele no mercado financeiro. Baixei o aplicativo, fiz uma conta e ele começou a me ensinar. Só que nesse tempo eu sofri um acidente de moto e ele me falou que eu precisava recuperar meu psicológico, que eu estava muito abalada", contou.

O boletim de ocorrência foi registrado por apropriação indébita. Nas redes sociais, a jovem postou que a dívida chega a quase R$ 40 mil.

Comentários


Mais Lidas