Previdência Social

Vacinação pode ser usada como prova de vida do INSS; saiba mais

Cidadão não precisará sair de casa para comprovar que pode receber benefício

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 03/02/2022 às 11:31
Notícia
Reprodução
Passaporte da vacina servirá como prova de vida - FOTO: Reprodução
Leitura:

Nesta quinta-feira (3), o Instituto Nacional do Seguro Social publicou uma portaria com as novas regras para a prova de vida do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Segundo o presidente do órgão, José Carlos Oliveira, os cidadãos não precisarão mais sair de casa para comprovar que podem receber o benefício.

..

O governo utilizará outros tipos de dados para poder comprovar a vida do cidadão. Um deles é o registro de vacinação, além de outros.

De acordo com Oliveira, se governo não encontrar os dados necessários para comprovar que a pessoa está viva, um representante do governo se deslocará até a casa dela para realizar a prova biométrica.

Prova de vida do INSS deixa de ser presencial; entenda o que muda

Procedimentos que serão aceitos para comprovar a vida do beneficiário:

  • se o cidadão tirar ou renovar o passaporte;
  • se o cidadão tirar carteira de identidade ou renovar o documento;
  • se o cidadão votar;
  • se o cidadão fizer transferência de veículo;
  • se o cidadão fizer empréstimo consignado.

Também serão aceitos:

  • registros de vacinação;
  • registro de consultas no SUS;
  • emissão ou renovação de carteira de motorista.

A prova de vida é um procedimento obrigatório para aposentados, pensionistas e para quem recebe benefícios do INSS através de conta corrente, poupança ou cartão magnético.

Comentários


Mais Lidas