Policial

Lázaro de Pernambuco: Buscas chegam ao sétimo dia pelo suspeito de estuprar e matar duas mulheres

Edson Cândido é acusado de matar duas jovens em Glória de Goitá

Bruna Padilha
Bruna Padilha
Publicado em 06/02/2022 às 15:02
Notícia
WELINGTON LIMA/JC IMAGEM
Caçada a 'Lázaro Pernambucano' começou na segunda-feira (31) - FOTO: WELINGTON LIMA/JC IMAGEM
Leitura:

Chega ao sétimo dia de buscas neste domingo (6) pelo homem que está sendo acusado pela polícia de assassinar duas jovens em Glória do Goitá, na Zona da Mata de Pernambuco.

Edson Candido Ribeiro, de 35 anos, ganhou o apelido de “Lázaro de Pernambuco” após conseguir se esconder das autoridades como no caso que aconteceu no Distrito Federal, em 2021.

.

REPRODUCAO
Suposto local que o Lázaro de Pernambuco dormia - REPRODUCAO

Os Policiais Militares de Pernambuco seguem na procura, mas revoltados com os crimes, os moradores da cidade e da região vizinha estão tentando encontrá-lo por conta própria. A busca está acontecendo nas proximidades de onde reside sua família, no Sítio Canavieira, onde foi visto pela última vez.

Vítimas

Edson é suspeito de estuprar e matar Kauany Maiara Marques da Silva, de 18 anos, que desapareceu no sábado (29). O corpo foi encontrado em uma manilha no canal que corta a comunidade de Capuchinho na terça-feira (1º).

Reprodução: TV Jornal.
Kauanny foi encontrada morta na cidade de Glória do Goitá. - Reprodução: TV Jornal.

A agricultora Jailma Muniz, de 19 anos, é a segunda vítima do “Lázaro”. Ele a estuprou e a assassinou a facadas, em 31 de janeiro em Glória de Goitá, de acordo com a perícia. As suspeitas são de que ele a vitimou enquanto ela levava o café da manhã para a mãe, que estava trabalhando na lavoura.

Reprodução: O Povo na TV / TV Jornal
Mulher foi encontrada morta na cidade de Glória de Goitá, Mata Norte de Pernambuco. - Reprodução: O Povo na TV / TV Jornal

Lista de crimes

Além dos crimes em que Edson está sendo procurado, ele já cometeu outros crimes em 2013. Há quatro meses ele está em liberdade condicional, após cumprir pena de sete anos por roubo e estupro.

*Com informação do JC e TV Jornal 

Comentários


Mais Lidas