alerta

Palmadas nos filhos podem desenvolver depressão e distúrbios mentais nas crianças, diz pesquisa

Especialistas explicam que crianças que levam palmadas têm mais chances de ser deprimidas, cometerem suicídio e desenvolverem abuso de drogas e álcool

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 08/02/2022 às 11:55
Notícia
Reprodução/Google
A criança de 10 anos foi abusada pelo padrasto - FOTO: Reprodução/Google
Leitura:

Uma pesquisa realizada pela Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, aponta que as famosas "palmadas educativas" podem causar transtornos mentais para as crianças. A prática, que no no Brasil é considerada proibida, ainda se faz presente em diversos lares.

..

Embora não seja aplicada com a intenção de afetar a saúde mental das crianças, mas como forma de educá-las, a prática não é vista como eficiente do ponto de vista dos pesquisadores. Isso porque, de acordo com os especialistas, ao invés de educar a palmada ameaça e faz com que a criança confunda amor e violência.

 

Palmada provoca transtornos mentais

A pesquisa destaca que o castigo físico e a agressão como meio de educar as crianças devem ser práticas incluídas na categoria de abuso físico e emocional. Segundo os pesquisadores, as crianças que apanham têm mais chance de se tornarem adultos deprimidos, de tentarem suicídio, de abusarem do consumo de álcool e de usarem drogas ilícitas.

A pesquisa analisou o perfil de 8,3 mil adultos, com idade de 19 a 97 anos. Os envolvidos na pesquisa preencheram questionários falando sobre experiências negativas que tiveram na infância e os problemas de saúde física e mental que enfrentavam na vida adulta. 

De acordo com os dados apresentados, cerca de 55% dos participantes relataram ter recebido palmadas na infância. Esse grupo foi o que teve maior chance de apresentar depressão e outros transtornos mentais.

*Com informações do portal Vix

Comentários


Mais Lidas