financiamento estudantil

Governo regulamenta MP para renegociação de dívidas do Fies; saiba quanto receber de desconto

Os estudantes inadimplentes podem negociar a revisão dos contratos a partir de 7 de março

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 11/02/2022 às 8:58
Notícia
Marcello Casal JrAgência Brasil; /Agência Brasil
A renegociação de dívidas do Fies deverá ser realizada por meio dos canais de atendimento a serem disponibilizados pelos bancos - FOTO: Marcello Casal JrAgência Brasil; /Agência Brasil
Leitura:

O Governo Federal regulamentou a Medida Provisória (MP) de número 1.090 na última quinta-feira (10). A MP permite a renegociação de contratos do Financiamento Estudantil (Fies) firmados até o ano de 2017.

..

Com isso, de acordo com o Ministério da Educação, a partir do dia 7 de março estudantes com dívidas no programa poderão negociar a revisão dos contratos. A medida foi adotada porque, atualmente, há R$ 87,2 bilhões de saldo devedor do programa.

Descontos para dívidas do Fies

A MP prevê descontos de 92% para inscritos no CadÚnico e Auxílio Emergencial. Desse grupo, serão contemplados cerca de 548 mil estudantes inadimplentes. Os demais 524,7 mil estudantes com dívidas do Fies terão desconto de 86,5%.

O saldo remanescente pode ser parcelado em até dez vezes. Para renegociação de dívidas com 90 a 360 dias de atraso, a medida prevê parcelamento em até 150 vezes. Os que buscarem salvar as dívidas do Fies deverão pagar uma entrada no ato da renegociação, correspondente à primeira parcela, de no mínimo R$ 200.

 

Comentários


Mais Lidas