Inusitado

Para não matar ex, homem chama policia para prendê-lo

Segundo informações, o homem não queria ser mais um que mata mulher

Bia Freire
Bia Freire
Publicado em 24/02/2022 às 14:15
Notícia
Reprodução/ Pixabay
Imagem meramente representativa - FOTO: Reprodução/ Pixabay
Leitura:

Um fato que ocorreu em Vitória, no Espirito Santo, chamou a atenção de pessoas nas redes sociais. Um homem chamou a policia e pediu para ser preso, pois não queria matar a sua ex.

Samuel Santos Souza, de 24 anos, que é o homem em questão, afirmou que o fim do seu relacionamento com a vítima aconteceu porque ele traiu ela três vezes.

Depois do término, a mulher se envolveu com outra pessoa. Quando descobriu isso, o homem ficou revoltado.

LEIA TAMBÉM: Homem é sequestrado e vira 'escravo' para retirada de sangue 

Então, Samuel começou a ameaçar a ex-namorada.

"Mandei várias mensagens dizendo pra ela que se ela não voltasse comigo ia matar ela e o cara que estava com ela. Essa é a realidade. Então, para isso não acontecer eu abri um BO [boletim de ocorrência] contra mim mesmo para proteger a vida dela e a da minha filha também. Fui na residência dela, me alterei, ela se sentiu coagida, passou uma viatura e eu mesmo chamei a viatura pra mim ", disse ele.

Depois de reconhecer o erro, o homem afirmou durante uma entrevista para um jornal da TV Gazeta, afiliada da TV Globo, no Espirito Santo, que nunca agrediu a ex.

Veja história semelhantes: Jovem acaba incendiando apartamento acidentalmente ao tentar pedir namorada em casamento

" Tenho consciência que estou errado. Por isso tive essa atitude. Não quero ser mais um que mata mulher. A decisão que eu ia tomar ia ser errada. Eu sei que vou estragar minha vida. Nunca passei por uma situação como essa. Estou aliviado porque aqui [na prisão] consigo deixar ela segura", explicou.

A mulher, de 32 anos, que preferiu não se identificar, confirmou a informação de Samuel. No entanto, ela disse que vinha sofrendo ameaças do rapaz.

"Ele era ciumento e possessivo. A gente terminou e ele estava tranquilo, mas depois ele não aceitou o término e começou a me pressionar para voltar. Estava me ameaçando o tempo todo e você via no olhar dele que ele não estava sozinho. Ele nunca encostou um dedo em mim, mas xingava", contou.

Além disso, a mulher disse que antes de Samuel ligar para a polícia ameaçou ela mais uma vez. A ameaça aconteceu quando ele levou a filha, de 3 anos, que tem com a ex, para a casa dela.

Dá só uma olhada: Mulher flagra a própria mãe com marido em motel; Veja o vídeo

Comentários


Mais Lidas