Internacional

Mulher tem três larvas removida do corpo depois de visitar a Amazônia: uma delas foi no olho

As larvas de mosca foram encontradas no pescoço, na nuca e no olho da mulher

Bia Freire
Bia Freire
Publicado em 28/02/2022 às 17:04
Reprodução/New England Journal of Medicine
As larvas poderiam destruir os tecidos da mulher - FOTO: Reprodução/New England Journal of Medicine
Leitura:

Uma mulher norte-americana, de 32 anos, que visitou a Amazônia, saiu com larvas de mosca pelo corpo. Logo depois da visita, ela começou a perceber um estranho movimento em sua pálpebra direita, foi então, que a mulher decidiu procurar um médico e foi submetida a uma cirurgia na Índia.

Os profissionais identificaram que a larva que estava dentro do corpo da mulher era a miíase, que é mais conhecida como verme ou boxeira.

Durante o procedimento cirúrgico, os médicos encontraram três larvas que estavam dentro do organismo da mulher: uma na nuca, uma no antebraço e outra no olho.

De acordo com o site "India.com", cada cerca tinha 2 centímetros de comprimento. Se as larvas não fossem retiradas, os tecidos da mulher poderiam ser destruídos.

O que é maiíse? 

Miíase é o nome dado para a manifestação de larvas de moscas na pele. A verme é erradicada do organismo através de remédios antiparasitários.


Mais Lidas