relacionamento

Tinder cria plataforma que permite verificar antecedentes criminais dos pretendentes

O novo recurso chega à plataforma apelidado de "backgroud check".

Gabriela Luna
Gabriela Luna
Publicado em 11/03/2022 às 7:55
Notícia
Foto: Marcelo Aprígio/JC
Os apps terão dez dias para esclarecer se informações pessoais de consumidores brasileiros foram comercializadas ilegalmente - FOTO: Foto: Marcelo Aprígio/JC
Leitura:

O Tinder anunciou que está lançando um recurso de segurança para que os usuários verifiquem os antecedentes criminais das pessoas com quem deram match.

Anunciado em março de 2021, o novo recurso chega à plataforma depois apelidado de “backgroud check”. Ele está disponível apenas nos Estados Unidos, mas deve chegar a outros países em breve.

..

O Tinder anunciou que apenas duas checagens de antecedentes criminais serão gratuitas para cada usuário, com limite de 500 mil consultas gratuitas. Depois disso, o serviço será cobrado.

Cada checagem custa US$ 2,50 – cerca de R$ 12,60 – mais uma taxa de processamento por transação.

Comentários


Mais Lidas