violência sexual

Pai estupra filha e diz que 'sexo entre parentes é bíblico' durante ato sexual

O homem justificava a violência dizendo que a prática era permitida pela Bíblia

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 08/04/2022 às 21:21
Notícia
Reprodução
Pai estupra filha do Distrito Federal - FOTO: Reprodução
Leitura:

Um homem de 60 anos foi preso pela polícia por manter a própria filha em cárcere privado e estuprá-la.

O caso aconteceu no Distrito Federal. José Marcos Rodrigues Coutinho manteve a filha de 29 anos em cárcere privado por quatro dias enquanto abusava sexualmente dela várias vezes.

O homem alegava que a prática era permitida pela Bíblia.

A vítima, de 29 anos, revelou que foi acordada pelo pai e foi forçada a fazer sexo anal com ele.

Quando a jovem teria perguntado o motivo, o suspeito teria respondido que “o mundo está evoluído e que o sexo entre pai e filha era bíblico”.

Sem demonstrar arrependimento pela violência praticada contra a filha, José Marcos a chamava de "minha filhinha" durante os abusos, que realizava enquanto ameaçava a mulher com uma faca.

..

A jovem só conseguiu se livrar dos abusos praticados pelo pai na última quarta-feira (6), quando foi até um posto com o pai e avisou a desconhecidos que estava sendo violentada sexualmente.

Mais tarde, no mesmo dia, o criminoso foi preso em flagrante graças a uma denúncia anônima feita à polícia.

Jovem é fruto de estupro

Segundo as investigações da polícia, a filha é fruto de um estupro, praticado quando a mãe da jovem tinha apenas 13 anos.

Na época, José Marcos estava preso e o abuso sexual aconteceu durante uma visita feita por ela à penitenciária.

A filha mora com a mãe no Peru desde os seus 10 anos. Ela havia voltado ao Brasil para buscar um dos filhos e regularizar documentos.

Como não via o pai desde que era criança, a mulher decidiu reencontrá-lo durante este período no Brasil.

 

Comentários

Mais Lidas