saúde

Pernambuco registra primeira morte suspeita por dengue hemorrágica em 2022

Vítima tinha 13 anos

Gabriela Luna
Gabriela Luna
Publicado em 19/04/2022 às 10:13
Notícia
Divulgação/HMV
Processo seletivo é para cadastro reserva no Hospital Mestre Vitalino - FOTO: Divulgação/HMV
Leitura:

Um adolescente de 13 anos morreu com sintomas sugestivos de dengue, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), é o primeiro óbito suspeito de 2022 decorrente de prováveis complicações da doença.

Em nota, o Hospital Mestre Vitalino (HMV), onde ela estava internada, informou que a paciente apresentou histórico de febre, vômitos, poliartralgia (dores nas articulações), rash cutâneo e prurido há 3 dias.

..

"Chegou em estado geral regular, desidratada, ativa, consciente e orientada, com edema de membros inferiores. Ficou internada em leito de observação, onde foi medicada e realizada coleta de exames", diz o comunicado do hospital.

Ainda segundo a assessoria de imprensa do HMV, na tarde de domingo (17) a paciente apresentou uma piora do quadro. "Ela intercorreu, evoluindo com piora progressiva, hipotensão grave e foi intubada. Apresentou parada cardiorrespiratória, foi tentada reanimação sem sucesso. Foi a óbito por volta das 19h", informa.

O hospital informou que, "além dos sintomas característicos e suspeitos para dengue hemorrágica (forma como é popularmente chamada a dengue grave, que acontece com alterações da coagulação sanguínea), a paciente apresentava alteração no exame de urina".

Para pesquisa de vírus de arboviroses, foi feita a coleta de sangue da paciente, que será enviada ao Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE).

 

*Com informações do JC

 

Comentários

Mais Lidas