cultura

Por que Caruaru é considerada a 'Capital do Forró'?

Município é conhecido em todo o mundo por ter uma das maiores manifestações culturais juninas do mundo.

Gabriela Luna
Gabriela Luna
Publicado em 05/05/2022 às 9:38
Notícia
Registro do Pátio de Eventos Luiz Lua Gonzaga, em Caruaru, na abertura do São João da Capital do Forró 2019 - Foto: Dayvison Nunes / JC Imagem
Registro do Pátio de Eventos Luiz Lua Gonzaga, em Caruaru, na abertura do São João da Capital do Forró 2019 - Foto: Dayvison Nunes / JC Imagem
Leitura:

A cidade de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, tem uma história que mistura tradição, cultura e desenvolvimento. Cantada por ícones da música nordestina como Luiz Gonzaga e Dominguinhos, Caruaru é um dos símbolos do nordeste e representa a força do interior do estado.

A representatividade do município lhe concedeu algumas denominações, entre elas, a “Capital do Forró”. E essa a tradição popular surge em um formato bastante diferente do que conhecemos atualmente. 

Em entrevista ao NE10 Interior, o historiador Walmiré Dimeron explica que, junto ao comércio que começa a surgir com a feira de Caruaru, surgem manifestações culturais na cidade. É o caso da Festa do Comércio, que era realizada na Rua 15 de Novembro, por exemplo.

..

“A tradição do São João começou na zona rural, nos sítios, nas fazendas, e essa festa vai chegando aos poucos à cidade através dos bairros periféricos. Até que, no começo do século XX, alguns clubes, como o Clube Intermunicipal, e alguns cassinos da cidade começaram a promover festas privadas, mas ainda muito diferentes do caráter ‘matuto’”, explica o historiador.

Foi por volta dos anos 60 que a cidade aderiu de forma mais contundente à tradição de decorar ruas, em virtude dos concursos incentivados pelas rádios. Eram oferecidas premiações para os moradores que tinham a rua mais decorada e a tradição tomou conta do município. Mas foi nos anos 80 que o potencial da festa começou a ser vista como um potencial turístico

“Uma coisa que era apenas afetiva, cultural e espontânea chamou a atenção de alguém que percebeu que a cidade ficava lotada de turistas e de familiares de quem morava em Caruaru e enxergou ali um produto turístico. Foi quando a prefeitura tomou para si a responsabilidade de dar projeção à festa”, disse Walmiré.

Foi nesse período que Caruaru se consolidou como a “Capital do Forró”, espalhando esse título graças a uma música composta por Jorge de Altinho e Lindolfo Barbosa, e lançada pelo Trio Nordestino em 1980. Casas de shows como o Palladium, a Casa de Forró e o Forrozão, além das pequenas palhoças espalhadas pelas ruas, garantiam o forró durante todo o mês de junho.

Foi apenas em 1994 que o São João de Caruaru começou a ser realizado no Pátio de Eventos Luiz Lua Gonzaga.

Atualmente, a festa movimenta mais de R$ 200 milhões durante o período junino e é conhecida em todo o mundo como uma das maiores manifestações culturais juninas do mundo.

 

 

Comentários

Mais Lidas