Benefícios

CALENDÁRIO DO AUXÍLIO BRASIL 2022 ATUALIZADO: Veja quem pode receber a parcela extra de R$ 600 e confira calendário de maio do Bolsa Família

Saiba quem pode aumentar o valor mínimo da parcela do benefício

Marilia Pessoa
Marilia Pessoa
Publicado em 11/05/2022 às 7:58 | Atualizado em 11/05/2022 às 7:59
Notícia
Reprodução
Aplicativo do Auxílio Brasil, novo Bolsa Família. - FOTO: Reprodução
Leitura:

A parcela de maio do Auxílio Brasil 2022 começará a ser paga na próxima semana, no dia 18. O benefício foi criado no ano passado com o objetivo de substituir o Bolsa Família.

O valor do Auxílio Brasil é de R$ 400 no mês, mas a parcela pode aumentar se a família tiver direito a parcelas extras do benefício, podendo chegar a R$ 600 e até R$ 1.000.

..

Quem pode receber o Auxílio Brasil de R$ 600?

As famílias que têm direito ao Auxílio Brasil de R$ 600 são aquelas que podem receber o Auxílio Inclusão Produtiva Urbana, que aumenta R$ 200 no valor da parcela comum de R$ 400.

Esse Auxílio Inclusão Produtiva Urbana é pago a famílias com algum integrante trabalhando com carteira assinada. A parcela também pode ser paga nos seguintes casos:

  • Trabalhador autônomo, de empreendedor ou microempreendedor individual;
  • Desenvolvimento de atividade remunerada formalizada e registrada no CadÚnico;
  • Profissional liberal ou outra modalidade de trabalho.

Segundo o Planalto, deverá existir uma "inscrição previdenciária e o recolhimento das contribuições para a seguridade social".

CONFIRA CALENDÁRIO DO BOLSA FAMÍLIA/AUXÍLIO BRASIL DE MAIO 2022

NIS terminado em 1 - Recebe dia 18 de maio;
NIS terminado em 2 - Recebe dia 19 de maio;
NIS terminado em 3 - Recebe dia 20 de maio;
NIS terminado em 4 - Recebe dia 23 de maio;
NIS terminado em 5 - Recebe dia 24 de maio;
NIS terminado em 6 - Recebe dia 25 de maio;
NIS terminado em 7 - Recebe dia 26 de maio;
NIS terminado em 8 - Recebe dia 27 de maio;
NIS terminado em 9 - Recebe dia 30 de maio;
NIS terminado em 0 - Recebe dia 31 de maio.

Veja se terá direito à parcela extra de R$ 1.000 do Auxílio Brasil

Comentários

Mais Lidas