tempestade

CICLONE NO BRASIL: veja estados que podem ser atingidos pela tempestade e orientações do governo

A tempestade pode se intensificar nesta terça-feira (17)

Gabriela Luna
Gabriela Luna
Publicado em 17/05/2022 às 11:36 | Atualizado em 18/05/2022 às 13:25
Notícia
TWITTER/INMET
O ciclone Yakecan já causou destruição por onde passou. Fenômeno pode virar furacão - FOTO: TWITTER/INMET
Leitura:

Em coletiva de imprensa com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), a Defesa Civil Nacional informou os cuidados que a população deve tomar com a tempestade subtropical, que pode atingir a região Sul do país a partir da manhã desta terça-feira (17).

A tempestade pode causar rajadas de ventos acima de 100 km/h no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. O Paraná e o sul do estado de São Paulo também podem ser atingidos.

..

Durante a coletiva, o diretor do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) do MDR, Armin Braun, alertou para os cuidados e as medidas a serem tomadas pela população para que o impacto dos ventos e das chuvas seja menor.

“Rajadas de vento de 100 quilômetros por hora podem causar destelhamento de estruturas mais precárias, queda de pequenas árvores e de postes e, com isso, pode ocorrer interrupção do fornecimento de energia. As pessoas devem evitar sair de casa durante tempestades, buscar locais mais protegidos e informações sobre quando os ventos vão acontecer”, destaca Braun.

LEIA TAMBÉM: CICLONE YAKECAN ONDE ESTÁ: Fenômeno chega ao Brasil após passagem pelo Uruguai; saiba mais

“Também é importante desligar a energia da tomada, fechar a saída de gás do botijão. Pequenas ações são importantes na busca da autoproteção e da proteção comunitária. Em caso de emergência, a própria Defesa Civil pode ser acionada no telefone 199 e os bombeiros no 193”, acrescenta.

ALERTAS

Os alertas à população estão sendo enviados por meio de SMS, TV por assinatura, pela imprensa e pelas redes sociais.

A Defesa Civil Nacional também solicitou que a população cadastre os telefones celulares, por meio do envio de mensagens de texto para o número 40199, com o CEP da região onde mora, para passar a receber alertas por SMS.

O Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil já está mobilizado, bem como as defesas civis estaduais e municipais, que também vão ajudar a informar a população que reside nas áreas que podem ser atingidas.

Veja IMAGENS de SATÉLITE do ciclone YAKECAN

Comentários

Mais Lidas