História

Feira de Caruaru: A formação de um município e a maior feira ao ar livre da da América Latina

Caruaru completa 165 anos

Roberta Salles
Roberta Salles
Roberta Salles
Publicado em 18/05/2022 às 8:18 | Atualizado em 18/05/2022 às 8:40
Alume Filmes
Feira de Caruaru - FOTO: Alume Filmes
Leitura:

Caruaru, no Agreste de Pernambuco, completa 165 anos de emancipação nesta quarta-feira (18). A equipe da TV Jornal percorreu alguns importantes pontos da cidade e conheceu mais sobre a Princesa do Agreste, para desvendar curiosidades e histórias legais do local.

..

A Feira de Caruaru

A Feira de Caruaru é Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro desde 2006. A feira é conhecida por ter de tudo e foi eternizada em forma de canção.

Tem cesto, balaio, corda, tamanco, greia, tem boi tatu
Tem fumo, tem tabaqueiro, tem tudo e chifre de boi zebu
Caneco, arcoviteiro, peneira, boi, mel de uruçu
Tem carça de arvorada, que é pra matuto não andar nu
Na feira de Caruaru
Tem coisa pra gente ver
De tudo que há aí no mundo
Nela tem pra vender
Na feira de Caruaru


Você leu esse trecho acima cantando a canção escrita pelo compositor caruaruense Onildo Almeida que fez sucesso na voz de Luiz Gonzaga, não é? A importância da feira evidenciada na canção escrita em 1957 é sentida até hoje.

A formação da cidade


A feira surgiu em uma fazenda localizada em um dos caminhos do gado, entre o sertão e a zona canavieira, onde pousavam vaqueiros, tropeiros e mascates. Em 1781, o capitão José Rodrigues da Cruz viu que aquilo ali tinha futuro e construiu uma capela dedicada a Nossa Senhora da Conceição. Ao redor daquele local, pessoas foram estabelecendo residência até chegar a proporção atual.

 

Alume Filmes
Feira de Caruaru - Alume Filmes
Alume Filmes
Feira de Caruaru - Alume Filmes
Alume Filmes
Feira de Caruaru - Alume Filmes
Alume Filmes
Onildo Almeida - Alume Filmes

Mais Lidas